sábado, 18 de outubro de 2008

D. Fernando II e Glória - A última Nau Portuguesa da Carreira da Índia



Este Sabado andei a fazer um passeio Cultural em Cacilhas , fui visitar a Fragata D. Fernando II e Glória e gostei muito :)


D. Fernando II e Glória foi construida em Damão, Índia Portuguesa e lançada à àgua em 22 de Outubro de 1843.

O navio estava preparado para receber 60 bocas de fogo e a sua guarnição variava entre 145 e 379 homens e em algumas viagens chegou a transportar mais de 600 pessoas, entre guarnição e passageiros.



Durante 33 anos fez a ligação ente Portugal e os territórios portugueses da India, cumpriu missões ao longo da costa de Moçambique e teve um papel importante como navio chefe de uma força naval que recuperou o Ambriz em Angola. Durante este periodo navegou mais de 100.000 milhas naúticas, correspondente a cinco voltas ao Mundo.



Em 1889 a D. Fernando sofreu profundas alterações para melhor servir como Escola de Artilharia Naval e em 1945 iniciou uma nova fase da sua vida como sede da Obra Social da Fragata D. Fernando, criada para recolher rapazes de fracos recursos económicos que ali recebiam istrução escolar e treino de marinha.


Em 1963, um violento incêndio destruiu o navio em grande parte, tendo permanecido encalhado no rio Tejo até 1992, data em que foi posto a reflutuar, removido e posteriormente transportado para o estaleiro Ria Marine em Aveiro.



A marinha conduziu todo o projecto de restauro do navio. Foi restaurado tal como na década de 1850, a D. Fernando é actualmente um navio museu, sendo hoje possível aos visitantes aperceberem-se com grande fidelidade como era a vida a vordo de uma fragata do séclo XIX.







Texto adaptado do site do Museu da Marinha

5 comentários:

Anastácio Soberbo disse...

Olá Tanea, obrigado pela tua simpatia.
Hum, vejo que gostas de história e de assim mesmo a partilhares.
Já lçi acreca dessa Nau, mas, infelizmente, nunca lá entrei. Quiçá um dia.
Um abraço e desejos de uma óptima semana.
Atenciosamente;
Soberbo

Liliana disse...

Espero um dia visitar, parece interessante. E é sempre giro agora estar ali parada, mas ter tanta história para contar...

Beijos

Anônimo disse...

Fiquei mesmo com vontade de ir visitar a nau...qualquer dia... ;)

Piolha

arodrigues disse...

ola kida!, tás de parabéns pelo teu blog, temos os mesmos gostos...
a cultura une-nos...
beijinhos...

Donna Biju disse...

Obrigada por passares no blog ;)

Qql dúvida e preços, envia mail pf para donnabiju@gmail.com

Ia-te mandar mail com dados da mala mas ñ encontrei o teu mail..

Beijoca*
Isa